Metas

  • Contribuir para o desenvolvimento das oportunidades econômicas e sociais promovidas pela conexão interoceânica que se estende desde a costa do Brasil, passando pelos territórios do Paraguai e da Argentina, até chegar aos portos do norte do Chile.
  • Alcançar a melhoria substancial da infra-estrutura física, a facilitação do trânsito transfronteiriço e a agilização dos procedimentos aduaneiros, visando agilizar a circulação de pessoas e mercadorias entre os seus respectivos países, para alcançar alta eficiência logística, maior competitividade económica e integração regional mais efetiva.