6 Regiões

Mato Grosso do Sul, Chaco Paraguaio, Província de Salta, Província de Jujuy, Região de Antofagasta e Região de Tarapacá.

2.290 Kms.

Distância de Campo Grande (Brasil) a Antofagasta (Chile).

7 Passagens de Fronteira

Puerto Murtinho, Carmelo Peralta, Pozo Hondo, Misión la Paz, Paso de Jama, Paso de Sico e Estación Socompa.

4 Portos do Pacífico

Porto de Antofagasta, Portos de Mejillones, Terminais de Tocopilla e Porto de Iquique.

“O Corredor Bioceânico é um projeto multidimensional: sua projeção é física, econômica, cultural, acadêmica, territorial, política e integracionista”. João Carlos Parkinson de Castro, coordenador do Corredor no Brasil

Newsletter

Origem

As regiões mediterrâneas e países do centro-oeste da América do Sul, como Paraguai, Bolívia, norte da Argentina e sudoeste do Brasil, historicamente dependeram dos portos do Oceano Atlântico. Hoje, sua produção é mais procurada nos mercados do Pacífico. Um dos objetivos da integração dessas áreas mediterrâneas com o norte do Chile e o sul do Peru é facilitar o intercâmbio comercial que contribua para seu desenvolvimento. O Corredor Bioceânico conectará com o Pacífico áreas de forte potencial produtivo pouco aproveitado, permitirá diversificar sua produção e agregar valor através da criação de cadeias produtivas regionais entre as regiões de seu percurso.

Documentos

Pesquise em nossa biblioteca de recursos documentos oficiais e atas, acordos e tratados, documentos portuários e de infraestrutura, relatórios, mapas e estatísticas.